Patos Já - Notícias de Patos de Minas e Região em Tempo Real


Pesca está proibida no Rio Paranaíba com início do período da Piracema

A proibição tem como objetivo garantir a reprodução dos peixes que sobem os rios para o processo de desova e reprodução

Por Odair Cardoso (*) com Agência Minas. | 07/11/2018 às 18h39

Pesca está proibida no Rio Paranaíba com início do período da Piracema

O período da Piracema teve início no dia 1º de novembro e vai até 28 de fevereiro de 2019. Portarias do Instituto Estadual de Florestas (IEF), definem as regras para a pesca em nossa região para as bacias do Paranaíba e São Francisco. A Polícia Militar de Meio Ambiente, já deu início as fiscalizações para coibir a prática ilegal.

Segundo o Tenetente Vidal, que comanda a Polícia de Meio Ambiente, na região de Patos de Minas está proibida a pesca no Rio Paranaíba, no trecho que vai até o município de Lagamar. As restrições tem como objetivo garantir a reprodução dos peixes que sobem os rios para o processo de desova e reprodução.

Ações anteriores a Piracema com orientações para o comércio e a todos envolvidos com a questão pesqueira foram realizadas, de acordo com o Tenenente Vidal. A partir de agora os trabalhos são repressivos para evitar a degradação ambiental. Para as bacias do São Francisco e do Paranaíba, duas portarias proibem a pesca de especies nativas nos afluentes. O comandante da PM ressalta que no trecho acima do município de Lagamar nenhuma espécie de peixe pode ser capturada.

A pesca de espécies nativas está proibida em todo o Estado e a de espécies exóticas (com origem em outros países) e alóctones (com origem em outros estados) está restrita a três quilos diários, ou por jornada de pesca, por pescador. A pesca amadora e de subsistência, embarcada e desembarcada, são permitidas desde que observadas as restrições constantes nas portarias e demais legislações em vigor.

A palavra piracema é de origem tupi e significa "subida do peixe". Refere-se ao período em que os peixes buscam os locais mais adequados para desova e alimentação. O fenômeno acontece todos os anos, coincidindo com o início do período das chuvas, entre os meses de novembro e fevereiro.

Compartilhe através do WhatsApp

Comentários

Os comentários não representam a opinião do portal
e são de responsabilidade do autor


  • Nossa FM
  • NTV
  • Instagram Nossa FM